Protocolos assistenciais

O Hospital Pró-Cardíaco adota os chamados protocolos assistenciais, conjuntos de condutas a serem seguidas por toda a equipe, diante das seguintes condições específicas: dor torácica, AVC, insuficiência cardíaca, fibrilação atrial, infarto agudo do miocárdio e controle glicêmico. Entenda as finalidades:

  • Padronizar a qualidade da assistência prestada, do momento em que o paciente entra no hospital até a alta hospitalar. 
  • Otimizar os processos, aumentando a agilidade no atendimento, sobretudo em casos de emergência e urgência. 
  • Prestar um serviço alinhado às melhores práticas mundiais, baseadas em evidências científicas.
  • Garantir as decisões terapêuticas mais adequadas para cada situação, aumentando as chances de recuperação.

Qualidade e excelência

Dor torácica

O protocolo de dor torácica dá direcionamento para a equipe reconhecer ou afastar os casos que representam ameaça à vida, decidir se é necessário internar ou transferir o paciente para uma UTI e dar início ao tratamento.


AVC

O protocolo assistencial de acidente vascular cerebral (AVC) é um conjunto de medidas que orientam o reconhecimento dos sintomas do problema, no momento em que o paciente dá entrada no hospital, o tratamento mais adequado para cada caso e a definição do tempo máximo em que o medicamento deve ser administrado.


Insuficiência cardíaca

Em 2018, o Pró-Cardíaco foi certificado pelo Joint Commission International (JCI), o maior órgão certificador do mundo em serviços médico-hospitalares, pelo alto padrão de atendimento de sua assistência em insuficiência cardíaca. Além de um centro especializado no tratamento da enfermidade, o hospital conta com uma equipe multiprofissional especialmente treinada para lidar com os sintomas e contornar, com propriedade, complicações como a dificuldade para respirar.


Fibrilação atrial

O Centro de Fibrilação Atrial do Pró-Cardíaco foi um dos primeiros criados no Brasil. O protocolo assistencial de fibrilação atrial permite identificar corretamente os sintomas deste tipo de arritmia e embasar as melhores decisões terapêuticas.


Infarto agudo do miocárdio

O protocolo de Infarto agudo do miocárdio tem o objetivo de agilizar o atendimento emergencial dos pacientes que sofrem com a obstrução das artérias do coração e, assim, garantir que eles recebam o tratamento adequado e melhorar os desfechos clínicos. 


Controle glicêmico

O adequado controle glicêmico durante internação hospitalar é um fator importante para reduzir possíveis complicações e o tempo de internação. O programa de controle glicêmico do Pró-Cardíaco estabelece protocolos clínicos com rotinas assistenciais para manejo de hiperglicemia, hipoglicemia e diabetes em pacientes hospitalizados, coordenado por um corpo clínico multidisciplinar altamente capacitado.