Psicologia

Os psicólogos do Hospital Pró-Cardíaco atendem pacientes internados, familiares e/ou cuidadores e levam em consideração os aspectos relacionados à doença, a adesão ao tratamento, o contexto sócio-familiar, entre outros fatores que possam interferir na hospitalização.

Os principais objetivos são identificar e avaliar, precocemente, eventuais situações traumáticas e quadros psicopatológicos, como a depressão, além de disponibilizar um espaço de escuta e acolhimento de sensações e reações diversas, entre elas medo, angústia, luto, solidão, desconfiança, tristeza, ansiedade, que estão associadas à presença da doença e às nuances da internação.

Outro foco do suporte psicológico é facilitar a reinserção do paciente no seu cotidiano, incluindo-o em um contexto de qualidade de vida após a alta hospitalar, assim como auxiliar família e cuidadores no processo de adaptação da volta para casa. Estes também são alvo do trabalho do Serviço de Psicologia, que coordena grupos de familiares de pacientes com Acidente Vascular Cerebral (AVC), visando ao acolhimento e orientação.

As solicitações de atendimento psicológico são feitas pela equipe de saúde, pela ouvidoria, pelo próprio paciente ou pelos familiares. Elas são registradas em prontuário, mas apenas as informações necessárias são transmitidas para a equipe de saúde, preservando, assim, o sigilo do paciente. A avaliação inicial e o acompanhamento psicológico são discutidos com médicos, enfermeiros e demais profissionais envolvidos no tratamento, de acordo com a visão interdisciplinar que caracteriza a assistência do Pró-Cardíaco.

Voltar