Ultra Complexidade

  • Conheça a Sala Híbrida

    Tecnologia do futuro que coloca o Pró-Cardíaco entre os melhores centros de cirurgia do mundo
    >>

  • Coração Artificial

    Saiba mais sobre um dos trabalhos que teve repercussão internacional.
    >>

  • Heart Team

    A importância da aplicação do conceito do Heart Team para a cirurgia cardíaca.
    >>


Qualidade e Segurança

  • Certificação em Controle Glicêmico

    Programa de Controle Glicêmico do Pró-Cardíaco é certificado pela JCI

    Em dezembro de 2019, o Hospital Pró-Cardíaco foi certificado por seu Programa de Controle Glicêmico para Diabetes. O reconhecimento foi realizado pela Joint Commission International (JCI), principal órgão de acreditação de instituições de saúde em todo o mundo. Essa certificação valida o comprometimento do hospital com a qualidade e segurança do atendimento prestado aos pacientes.

    O programa surgiu em 2014, a partir da preocupação da equipe clínica com os efeitos do diabetes descompensado e de alterações da glicemia, que podem aumentar o risco de complicações no quadro do paciente, além de aumentar seu tempo de internação. Pensando nisso, uma equipe multidisciplinar atua de forma colaborativa para desenvolver planos terapêuticos e nutricionais personalizados, monitoramento da glicemia e visitas de educação em diabetes.

    Com esses métodos, a equipe do hospital tem como objetivo controlar a glicemia e melhorar o cuidado da diabetes durante a internação, aprimorando também a qualidade de vida do paciente a longo prazo. A prevalência da diabetes em território brasileiro tem apresentado aumento nos últimos anos. Segundo dados do Vigitel 2018, cerca de 7,7% da população do País sofre com diabetes, ocupando o quinto lugar no mundo em número de casos, segundo informações da Federação Internacional de Diabetes (IDF) em 2019.

  • Recertificação Stroke

    O Hospital Pró-Cardíaco conquistou no mês de março a recertificação para o Programa Clínico
    de Distinção do AVC.
    A acreditação canadense certifica toda a linha de cuidado do AVC implementada em nossa
    instituição, o que nos torna referência em centro de excelência no atendimento da doença
    com a execução de boas práticas e nos resultados clínicos de excelência validados pelo
    programa.
    A primeira vez que conquistamos a certificação foi em 2012.

Notícias

  • Telemedicina a favor da vida

    As chances de recuperação de uma pessoa que sofre um AVC são diretamente proporcionais à rapidez com que ela recebe o tratamento correto. E a tecnologia tem uma contribuição importante para um desfecho positivo

    O acidente vascular cerebral é uma das principais causas de morte no País, vitimando mais de 100 mil pessoas por ano, segundo o Ministério da Saúde. Dentre os sobreviventes, boa parte permanece com sequelas graves. E é a agilidade no diagnóstico e no tratamento que determina as chances de superar o episódio sem grandes consequências.

    O AVC acontece quando há o rompimento ou o entupimento de um vaso do cérebro. No primeiro caso, o sangue extravasa e danifica as células. No segundo, o fluxo sanguíneo para elas é interrompido. Em ambas as situações, as tais células, chamadas neurônios, morrem em grande quantidade, à medida que o tempo passa—são cerca de 2 milhões por minuto.

    Em outras palavras, as chances de recuperação dependem da agilidade e da assertividade no socorro. É por essa razão que o Hospital Pró-Cardíaco investe na telemedicina. Funciona assim: os neurologistas do hospital, disponíveis 24 horas para atendimentos de emergência, também participam de videoconferências com médicos de outras instituições, visando prestar auxílio nos diagnósticos de AVC.

    Isso quer dizer que, ao receber um indivíduo com suspeita do problema, a equipe de assistência pode acessar um especialista do Pró-Cardíaco, via telemedicina, para discutir o caso, ampliando a probabilidade de acerto nas decisões. “O tempo entre a ocorrência do AVC e o início do tratamento diminui muito com esse recurso”, comenta o Dr. Valerio de Carvalho, neurologista, em entrevista ao Jornal da Band. Além de ajudar equipes de outros hospitais, o Pró-Cardíaco oferece um curso de capacitação aos profissionais da rede atendida pelo programa de telemedicina.

    No entanto, não basta que a equipe médica atue com rapidez se demorar muito para o paciente chegar ao hospital. Daí a necessidade de ficar atento aos sintomas e prestar socorro o mais rápido possível, caso alguém próximo os manifeste. Fraqueza, dormência ou falta de sensibilidade de um dos lados do corpo, dificuldade de enxergar, falar ou compreender informações, visão dupla e tontura súbita estão entre os sinais de atenção, de acordo com o Dr. Daniel Bezerra, que também integra o time do Pró-Cardíaco e participou da mesma reportagem.

    Share
  • Quando procurar um Neurologista?

    A Neurologia é a especialidade médica que trata das questões relacionadas ao Sistema Nervoso Central (cérebro e medula espinhal) e Periférico (nervos), como:

    • Tonteiras, desmaios (síncopes), perdas do equilíbrio, quedas.
    • Dor de cabeça, dores faciais e no pescoço. Dor de difícil controle (por exemplo, no nervo ciático e dores na coluna).
    • Desordens dos movimentos, como doença de Parkinson; tremores, incoordenação, tiques, rigidez, dificuldade de caminhar.
    • Insônia e outras alterações do sono.
    • Esquecimentos e outros problemas cognitivos; doença de Alzheimer; alguns tipos de alteração comportamental.
    • Dormências, formigamentos e fraquezas. Doenças musculares, cãibras, contraturas. Fadiga crônica (cansaço).
    • AVC (Acidente Vascular Cerebral – “derrame”) e aneurismas.
    • Esclerose Múltipla e Neuroimunologia.
    • Epilepsia, convulsões, períodos de “ausência”.

    O neurologista também lida frequentemente com outras condições, como alguns distúrbios visuais, alterações de linguagem, depressão, ansiedade, meningites, tumores, alucinações, hidrocefalia e complicações neurológicas de doenças não neurológicas (como pressão alta e diabetes). Por isso, se você possui alguma queixa semelhante a estas listadas acima ou se deseja preveni-las, procure um bom neurologista para cuidar melhor da saúde do seu cérebro.

    Veja mais em:

    dicasdeneuro.blogspot.com.br

    Henrique Cal, médico pela UFRJ e Neurologista pela UFF – CRM-RJ: 52-85447-6

    Membro Titular da Academia Brasileira de Neurologia Membro da American Academy of Neurology

    Consultórios no Rio e em Niterói: 2524-2298 e 2524-2275

    henriquecal@gmail.com

    Share

Veja também

Cursos

Informe-se sobre nossos cursos e sessões clínicas e participe.

Eventos

Confira datas e locais das próximas atividades e faça sua inscrição.

Editais

Conheça os estudos apresentados pelos profissionais do hospital.